• Ana Paula Bottecchia

Oi, mundo!


Muita gente me pergunta de onde tirei a ideia de aprender a fazer as joias à mão. A grande verdade é: eu não sei. Talvez tenha sido de quando eu era pequena, eu adorava olhar os detalhes dos meus brincos, anéis e colares. Ou pode ter sido por ter visto a minha mãe se arrumando todos os dias com cada peça mais linda que a outra. Tem também a opção de ter visto a minha avó fazendo coisas manuais, bem artesanais mesmo, e me ensinando. Eu adorava aqueles momentos com ela. Enfim, a verdade é que eu não sei.

Uma coisa eu consigo explicar: Por que agora? Por que, depois que me formei em jornalismo, pensei nisso?

Eu sei, ser jornalista não tem nada a ver com ser designer e ourives… Escuto isso sempre. Bom, me formei há dois anos, quando eu tinha 21. E a grande verdade é que foi o jornalismo que me fez pensar nas joias: eu queria um hobbie, algo além do trabalho como assessora de imprensa que eu estava tendo. Nesse momento, comecei a pensar em toda a minha vida e me lembrei de como, quando pequena, vendia bijuterias feitas por mim. E eu adorava fazer aquilo. Então pensei: por que não tentar algo um pouco maior, com ouro?

Entrei em uma aula de ourivesaria, comecei a criar meus próprios desenhos. Até que, um dia, uma tia pediu uma peça personalizada para a sobrinha dela, que estaria completando 15 anos. Dentre algumas opções, ela gostou de uma cruz com detalhe de coração. Mas espera, como dar uma joia de presente sem ter sequer um certificado?

Pronto, foi aí que o negócio começou a ficar sério. Contratei uma design gráfica para fazer a minha marca, o meu cartão, o meu certificado de garantia e todos os detalhes para que ficasse algo profissional. Então a minha tia foi a minha primeira cliente. Graças a Deus, ficou feliz com o resultado e já chegou a me encomendar outra joia depois, desta vez como presente de aniversário para o marido.

Agora eu estou aqui, com o meu site, aonde pretendo dividir com vocês coisas que escuto quando converso com as pessoas que me encomendam as joias, histórias que conheço. E, acreditem, cada cliente tem algo muito especial para nos emocionar.

Se você quiser que eu fale sobre algo em especial, basta colocar a sua sugestão aqui nos comentários, e prometo que tentarei fazer um post sobre o assunto, ok?

Beijo, beijo!

Ana Paula Bottecchia

Designer de joias


33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo